A Trava do gancho é Obrigatória?

Tag 1, Tag 2 Nenhum comentário

Um dos maiores questionamentos dos responsáveis pela segurança do trabalho das organizações no que se refere ao processo de elevação e movimentação de carga é a obrigatoriedade do uso de travas em ganchos.

trava-para-gancho-duplotrava-para-gancho-simples

Para esse questionamento, a Aricabos apresenta essa publicação para auxiliar nessa dúvida, presente em diversas áreas e muito discutido entre os responsáveis pelos processos.

Dentre as normas regulamentadoras e normas técnicas que temos disponíveis no âmbito nacional e internacional, verificamos que nenhuma delas apresenta a obrigatoriedade na utilização desse item, porém as normas de utilização dos materiais para movimentação de carga informam que as lingas devem estar seguramente presas às cargas por ela suspensas.

A principal função da trava dos ganchos é possibilitar que o dispositivo locado dentro do acessório não possa se desprender para fora.

Muitas organizações estão investindo cada vez mais na segurança do trabalho e criando metodologias específicas para promover a integridade física de seus colaboradores e parceiros, assim como preservar os materiais transportados, evitando avarias e desperdícios gerados por um possível acidente.

Sendo assim, a resposta para nosso questionamento acima é: DEPENDE. Apresentamos a seguir modelos de análises que podem ser feitas a fim de se optar pela utilização ou não do acessório.

RISCOS

Um tal risco é a possibilidade – não importa o quão pequeno – para que a linga ou qualquer dispositivo posa desprender-se do gancho.

Se houver quaisquer riscos de segurança em um processo de elevação de  carga,  os  responsáveis  pela  Segurança do trabalho  devem  avaliar e documentar os riscos envolvidos. Deve-se promover medidas específicas de segurança no local para lidar com o perigo.

PERIGOS

Em certas aplicações, as utilizações de travas em ganchos podem oferecer perigos aos operadores. Podemos citar como exemplo uma movimentação de carga ser realizada em um local onde o usuário não consiga acessar o equipamento para desprender a fixação, locais com difícil acesso, locais com presença de soluções ácidas, dentre outros casos em que o trabalhador possa ficar exposto a perigos.

VOCÊ SABIA ?

O preço entre um gancho com trava e um gancho sem trava é praticamente inexpressiva. Caso a trava de um gancho danifique, pode ser facilmente reposta por uma nova.

trava-para-ganchos-ponte-rolantetrava-para-ganchos-guindaste

 

 

Existem modelos de ganchos que possuem uma trava automática, evitando que a carga possa ser movimentada sem o travamento do gancho, porém não há substituição de sua trava, caso danifique.

As travas dos ganchos podem ser facilmente trocadas ou repostas. Verifique o modelo do gancho utilizado e solicite um kit de reparo, composto pela trava e demais componentes para garantir a correta fixação.

Trava para gancho de guindaste

Trava para gancho de ponte rolante

Trava para gancho de eslingas 

 

NORMAS REFERÊNCIA

Para o segmento de elevação, movimentação e amarração de cargas, adotamos normas e regulamentos técnicos apresentados pela ASME (American Society of Mechanical Engineers) e OSHA (Occupational Safety and Health Administration), que auxiliam os processos, apresentando conhecimentos essenciais para orientação profissional.

ASME

ASME B 30.2 – Ponte Rolante e Guindaste de Pórtico

ASME B 30.5 – Guindastes Móveis e Guindastes Ferroviários

ASME B 30.22 – Guindastes Articulados

Ganchos equipados com travas de segurança serão usados ao menos que seu uso seja pouco prático ou desnecessário.

ASME B 30.16 – Guindastes Aéreos

ASME B 30.21 – Talhas ou Talhas de Alavanca

Os ganchos serão equipados com travas de segurança ao menos que o uso da trava crie uma condição de perigo.

ASME B 30.9 – Lingas

As lingas projetadas para realizar o serviço apresentando trava, devem possuí-las em bom estado e funcionando corretamente.