Cabo Guia Para Içamento de Cargas

Tag 1, Tag 2 Nenhum comentário

Quando uma carga é içada através de um equipamento (munk, guindaste, grua, etc) fatores externos podem fazer com que a carga tenha algum balanço ou giro durante a operação.

Cabo Guia Para Içamento de Cargas

Cabo Guia Para Içamento de Cargas

Dentre os fatores, podemos citar:

  • Vento
  • Colisão com peças
  • Centro de gravidade da peça
  • Rotação do cabo de aço
  • Forças dinâmicas

 

 

Para mitigar esses riscos e garantir a estabilidade da carga durante o içamento e conseqüentemente o posicionamento da carga, é necessário o uso de um cabo guia.

Cabo Guia de  Içamento – MATERIAL

A Aricabos fornece cabo guia para o içamento de cargas. O cabo guia fornecido pela Aricabos tem diâmetro de 8,00, 10,00 e 12,00 mm.

Tabela corda Guia

Fornecida em rolos de 100 e 200 metros.

Fabricada em material de alta resistência, possui elevada durabilidade para atividades em campo, podendo ser utilizada nos mais diversos segmentos.

REQUISITOS NORMATIVOS

Sabemos que a prática do uso de corda guia para atividades de movimentação de carga é muito utilizada em aplicações com guindastes, munks, gruas e demais equipamentos que atuam em ambiente externo e que possuem uma elevada altura de içamento (acima de 6,00 metros).

O uso de cabo guia está previsto nas normas regulamentadoras e normas técnicas:

NR 18 – CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

18.14.8 Na movimentação e transporte de estruturas, placas e outros pré-moldados, bem como cargas em geral, devem ser tomadas todas as medidas preventivas que garantam a sua estabilidade.

NR 34 – CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E REPARAÇÃO NAVAL

34.10.11 Para movimentar cargas, deve ser adotado o seguinte procedimento operacional:

  1. e) utilizar guia, em material não condutor de eletricidade, para posicionar a carga;

As normas técnicas de produtos para movimentação de carga também apresentam a necessidade de utilizar um dispositivo para guiar a carga e auxiliar na estabilidade da mesma, como por exemplo a ABNT NBR 13541 – Linga de cabo de aço.

QUANDO DEVO UTILIZAR O CABO GUIA?

Conforme verificamos nos requisitos normativos, devemos propor medidas para controlar a estabilidade da carga, ou seja, em todas atividades de movimentação de carga devem ser utilizados cabos guia ou outro dispositivo para promover a estabilidade.

Movimentos indesejados da carga podem fazer com que a mesma se choque com materiais na sua proximidade, como por exemplo, a lança do guindaste, edificações, máquinas ou ainda em estações elétricas.

DICAS DE SEGURANÇA PARA USO DE CABO GUIA

  • Para atividades em ambientes externos, utilizar corda guia fabricada de material não condutor – evitando descarga elétrica para o homem de campo (CUIDADO – cordas molhadas podem conduzir eletricidade);
  • Utilize luvas para manusear cabos guias;
  • Utilize cabo guia limpo e seco, sem a presença de óleo e demais produtos que impeçam a correta fixação do cabo na mão do operador;
  • Nunca envolva no braço ou em qualquer parte do corpo o cabo guia;
  • Nunca fique sob a carga içada;
  • Faça um nó adequado para fixar o cabo guia na carga;
  • Nunca se posicione entre um objeto fixo e a carga içada – há riscos de compressão;
  • Para o controle completo da carga, utilize 2 cabos guia;
  • Sempre andar para frente ao mover-se com o cabo guia;
  • Utilize a corda na altura do cotovelo para uma melhor ergonomia da atividade;
  • Abandone a fixação do cabo guia para prevenir sua segurança;
  • Para balizamento da carga, próxima ao ponto de descarregamento, utilize um bastão balizador.

RECOMENDAÇÃO DE MANUTENÇÃO E ARMEZENAGEM DE CABO GUIA

Para limpeza do cabo guia, use somente água corrente e sabão neutro. Deixar secar estendida e na sombra.

Não faça nenhum reparo ou modificação do cabo guia. Não faça emendas.

Para armazenar, desmanche os nós e enrole-a frouxa (sem tensões).  O local de armazenagem deve ser seco e protegido contra intempéries.

TIPOS DE NÓS

Algumas peças não apresentam olhais de fixação ou ponto de ancoragem e a “pega” do cabo guia deve ser realizado através de um nó. Deve-se saber que a utilização de nós em cordas reduz a resistência original da corda em 30%.

O usuário deve optar pelo nó adequado para cada atividade, levando em consideração a tensão, versatilidade, eficiência e facilidade no desmanche.

Sabemos que em cada região do Brasil, a nomenclatura dos nós é variada, porém o procedimento para cada formato é praticamente o mesmo.

Apresentamos abaixo um modelo de nó muito utilizado no mercado para fixação dos cabos guias aos equipamentos movimentados.

Nó Lais de Guia

Esse modelo é muito utilizado para amarrar rapidamente e ajustar o olhal quando necessário. Possui também uma forma fácil de retirar o nó.

Segue as etapas para confecção desse modelo:

Nó Lais de Guia

TAG Line _ cabo guia 2

 

Confira os Cabos Guia vendidos pela AriCabos